30 de abril de 2012

Hana to Akuma: Uma Eterna Entrega de Flores



Nome: Hana to Akuma
Tradução nome: Flores para o demônio
Mangaka: Hisamu Oto
Ano: 2007 - 2010
Volumes: 8

O vento leva consigo uma bela flor.
Uma flor capaz de deslumbrar os cegos.
Capaz de fazer um mudo exclamar diante sua beleza
E um morto reviver
Um ser querer viver
Algo imperfeito por um instante ser tornar perfeito
E possibilitar que a verdadeira aparência interior
Ilumine mesmo que sem brilho!




Durante um inverno tempestuoso, uma criança envolta por alguns cobertores é deixada na frente de uma mansão. E Vivi, um demônio que deixou o seu mundo e se refugiou na Terra, encontra aquele pequeno pacotinho em frente sua casa, e como um de seus caprichos decide que irá criar aquela criança.
A criança, que vive na mansão se chama Hana, tudo devido ao gracioso sorriso que a mesma demonstra em todos os tipos de situações e a seu grande amor por flores, que ela tenta compartilhar com Vivi, que por ser um demônio, todas as vezes que toca as flores, elas murcham e morrem.
Porém isso não desanima Hana, que dia a dia entrega-lhe novas flores, dizendo que o ama.
“Que tipo de amor é esse?”
Nem mesmo Hana sabe. Mas o que acontecerá quando outros demônios vêm até a mansão, querendo levar Vivi de volta para o mundo deles?
Por que eles querem separar Vivi da Hana?
E porque eles falam que um relacionamento entre um humano e demônio é impossível?
Uma linda história, onde o tempo será o maior inimigo.
“O que é a “Felicidade”?”
Nossa Opinião:
Mio: Eu adorei esse manga, também é um dos meu favoritos...Ai ai.. Só de ver o título dessa postagem já me lembro de muita coisa que vai acontecer. Lembro até hoje o dia em que ela estava lendo esse manga... Olha pra resumir e não contar uns Spoilers ela insistiu pra que eu lesse... E dito e feito, li... E a mesma reação...
Enfim, eu adoro (Ai.. a Hana é tão fofa >.<), indico esse manga a todos, é uma história muito fofa...   ^^



Alice: Eu chorei!
Eu chorei tanto no final desse manga que até hoje não me esqueço...
Essa história é linda, muito bonita mesmo. Como um traço lindo e momentos fofos!
Eu admito que o desenrolar da história é meio tedioso as vezes, mas vale a pena. E as cenas com a Hana nigou e o Vivi compensam tudo(Eu não vou explicar o que é a Hana nigou, mas posso dizer que é a Hana de uma forma diferente, de uma forma que consegue fazer o Vivi corar!!!) acabou o spoiler!
Bem vejamos, a Hana é uma das personagens mais fofas que eu já tive o prazer de conhecer (só na minha mente...infelizmente) e posso defini-la com sua palavras: Kawaii e Bobinha. Não que seu jeitinho seja algo inovador nas histórias, mas sempre acaba conquistando nossos fracos corações. Já o Vivi é um personagem curioso que não coopera nem um pouco com o desenrolar do romance nesse manga (Mas ainda assim eu o adoro!!!)ele é sério, desinteressado, mas ciumento(esses ciúmes dele rende as melhores partes!) e que se preocupa muito com a Hana, apesar de tentar esconder isso, além  de ser meio lerdo as vezes. Mas que também te conquista nos primeiros capítulos do manga (Ele é uma obra prima! E Eu fico inconformada em como esses mangas que são tudo um Haren , onde sobra homem lindo para dar e vender e em nosso pobre e humilde mundo esse bonitões que são bons sumiram ou viraram gays!!! ) Mas voltando ao assunto principal...  O Vivi é definitivamente um personagem muito bem desenhado!
No enredo de Hana to Akuma nós somos apresentados a uma realidade dos demônios, que são muitas vezes cortadas de outros mangas com tal tema fictício, que seria: O tempo. Algo que invariavelmente será diferente dos humanos e que é o principal problema em um relacionamento ente humanos e demônios (Além é claro, da pessoas acharem que demônios são do diabo ou inferno... não sei... mas esse não é o tema dessa comentário...). Eu gostei dela ter trabalhado esse tema meio esquecido, mas fiquei muito triste também (spoilers... Desculpem-me, mas é difícil não falar muito!).
Ok, agora vou parar de escrever e ficar esperançosa de que incentivei alguém a ler esse manga!
Leia viu!!!!

Nota: 09



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.